fbpx

ORQUESTRA CLÁSSICA DO CENTRO!

Foi uma magnífica e bela surpresa,
Encontrar ali, à beira do Mondego,
Algo por que senti um forte apego…
Feita de pessoas de tão rara beleza,
Uma orquestra da alma aconchego…

Improvável mas muito consistente,
Foi a franca e notável colaboração
Tida com a brigada de intervenção…
E até houve protocolo permanente…
A orquestra e o exército que união!

Porque a música sabe fazer sonhar,
Sobe o moral, faz a angústia partir…
E diz que ajuda a coragem a surgir…
A música e o exército andam a par!
E ali nasceu esse exemplo a seguir…

Desde cedo, desde a primeira hora,
Senti uma forte, generosa abertura,
Em nome da música, que é cultura…
Foi naquele tempo e ainda é agora,
Exemplo de grandeza que perdura!

Da memória muita emoção emana!
Recordo-me com a lágrima a rolar,
Numa noite de verão, à luz do luar,
Do belo concerto lá em Santa Ana!
Os olhos até riem e ficam a brilhar…

Ou os concertos em cada novo ano…
Onde a música, como óleo em tela,
Pintava a alma e parecia dona dela…
Ali não há lugar a nenhum engano!
Há uma orquestra a sério! E é bela…

Mesmo no meio duma tempestade,
Sabe o que quer e por isso alcança…
E sendo o presente fiel da balança,
Daquilo que passou fica a saudade…
Mas do que virá nasce a esperança…

E que futuro tão brilhante, risonho,
Para a orquestra viver e conquistar…
Vinte anos é a idade para acreditar,
Para se deixar ir nas asas do sonho…
E para lá do horizonte partir a voar…

<